Drift

por Zach Lieberman
  • Nova mídia
  • Programação

Zach Lieberman é um codificador e educador criativo sediado em Nova York, EUA, que costuma usar a codificação como uma forma de poesia. Tendo em vista o seu grande número de seguidores nas plataformas de redes sociais, ele criou filtros especializados para o Instagram, trabalhou em um projeto para encontrar uma nova forma de retratar o vício em um recurso exclusivo do New York Times e criou modos para ensinar seu conceito de "Computação poética" a estudantes de todo o mundo.

"Drift" vê uma dançarina em ação na rua. Conforme ela se move, pinta o mundo ao seu redor. Quanto mais ela dança, mais selvagens são as cores e os padrões que surgem, de modo que, no final do vídeo, o mundo entra em erupção em um crescente de tinta viva e vibrante – trazendo à realidade um mundo em que o gesto humano aumenta e amplia os seus arredores.

Decodificado

Acompanhe Zach Lieberman enquanto ele usa o openFrameworks, seu kit de ferramentas C++, para analisar o movimento da dançarina e alimentá-lo em uma simulação de movimento de cores em tempo real por meio de codificação e camadas complexas e, por fim, usando a programação de sombreamento para obter uma percepção suave e em tempo real da tinta.

Feito no

ConceptD 7 Ezel Product Image

ConceptD 7 Ezel

Desfrute de gráficos NVIDIA® GeForce RTX™ e tela UHD 4K com validação PANTONE®, tudo isso em um notebook portátil e com um belo design para criadores. A tela com dobradiça giratória e a caneta styllus permitem uma experiência criativa tátil e mais envolvente.

Saiba mais >

ConceptD 5 Product Image

ConceptD 5

É hora de levar seus projetos para a estrada com o novo notebook ConceptD 5. Ajuste as imagens com precisão profissional com o processador Intel® Core™ i7 da 9ª Geração e gráficos NVIDIA® GeForce RTX™ 2060.

Saiba mais >

Bastidores

Olhe por trás da pintura e veja os métodos de trabalho empregados por Zach Lieberman para criar "Drift". Trabalhando em tempo real nas ruas da cidade de Nova York com a dançarina Amelia Pagliaro e, em seguida, editando no estúdio com Molmol Kuo, os passos para esta explosão de cores são revelados.

Softwares usados

  • openFrameworks

Gallery